Nossos grãos

Cafés especiais | 100% arábica

Temos orgulho de trabalhar com um dos principais produtos do Brasil, o Café. Presente no dia a dia dos brasileiros, o café é um fruto que oferece experiência dos sentidos com sabores e aromas únicos, e além de fornecer energia para o corpo, pode criar momentos especiais, unindo pessoas.

O café arábica é uma espécie que possui características marcantes, é mais sensível e por isso demanda uma atenção maior na lavoura. Por possuir um teor maior de açúcares, os cafés dessa espécie apresentam aroma intenso e os mais diversos sabores, com inúmeras variações de corpo e acidez.

Suave, o café arábica Anacá é classificado quanto à cor, aspecto, peneira, tipo e bebida. Nossos produtos são cultivados e tratados de forma individual e artesanal, cada pequeno lote recebe atenção especial e por isso são denominados microlotes. O manejo em microlotes demanda cuidado e dedicação, durante o cultivo consideram-se as especificidades da variedade do grão, respeita o tempo de maturação e a secagem ocorre de forma natural, lenta, à luz do sol. Por requererem tantos cuidados no manejo, os chamados microlotes realmente são micros.

Nossos cafés crus

Fotografia de uma mão segurando grãos crus de café 100% arábica da variedade Bourbon Amarelo e Vermelho
Grãos crus de café 100% Arábica da variedade Bourbon

Altitude do talhão: 1020 METROS
Variedade: BOURBON AMARELO E VERMELHO
Processo: COLHEITA POR DERRIÇA, 100% SECAGEM NATURAL AO SOL EM TERREIRO

A avaliação dos grãos crus trouxeram para nosso café a pontuação de 83,5 pontos e o caracterizou com nota máxima no quesito Doçura. Os grãos comercializados pela Anacá apresentam um corpo bem cremoso, acidez cítrica mediana, e retrogosto longo e marcante de caramelo e chocolate ao leite.

Compostos por um blend natural de Bourbon Amarelo e Vermelho disponibilizamos dois lotes diferentes: peteĩ e mokõi. Ambos nas opções grãos inteiros e grãos moídos, torrados por mestres de torra diferentes para oferecer uma experiência sensorial diferente para o consumidor. Nossos cafés torrado são peneira 16+.

Dados obtidos em análise sensorial dos grãos crus conforme Metodologia SCA. Q grader: Roberto Luiz Gregatti

Nossos Fornecedores

Sobre o Sítio Jacarandá

  • Fotografia do Sítio Jacarandá, paisagem com as árvores de café, as montanhas ao fundo e um céu azul repleto de nuvens brancas
  • Fotografia da paisagem da Mantiqueira de Minas, árvore frondosa com montanhas ao fundo e um céu limpo todo azul
  • Produtores de café, Paulo e Rosa, do Sítio Jacarandá em Cachoeira de Minas - MG
  • Frutos de café ainda verdes no galho da árvore
  • Frutos maduros de café da variedade Bourbon Vermelho
  • Frutos de café Bourbon Amarelo maduros, nas árvores do Sítio Jacarandá
  • Árvores de café da espécie arábica e variedade Bourbon Amarelo do Sítio Jacarandá
  • Frutos de café secando em terreiro, secagem natural ao sol

O cultivo das árvores de café arábica no Sítio Jacarandá iniciou em meados de 1980 com o plantio de mudas pelo já falecido cafeicultor Francisco Amâncio Costa. Nessa época, foram plantadas as variedades Bourbon Amarelo, Bourbon Vermelho, Catuaí Vermelho e Mundo Novo. Posteriormente, em 1987, foi introduzida também a variedade Acaiá.

Totalizando uma área de 7,55 hectares, a uma altitude de 1000 a 1020 metros, o sítio está dividido em 8 talhões. Os talhões de Bourbon Amarelo e Vermelho possuem mais de 8 mil pés e ocupam um espaço de 3,3 hectares. Os talhões de Catuaí Vermelho (12 mil pés), Acaiá (2 mil pés) e Mundo Novo (1 mil pés) ocupam um espaço de 4,1 hectares.

Conforme Francisco foi atingindo idade mais avançada, o sítio Jacarandá passou a receber menos cuidados e atenção. Em meados da última década essa propriedade estava há alguns anos com as árvores já não mais produzindo. Paulo Cezar e Rosa começaram a zelar do sítio em 2014 e a primeira produção foi colhida em 2018.

A plantação foi dividida em duas partes, para que a produção de frutos das árvores de Bourbon Amarelo, Vermelho e Mundo Novo se alternasse ano a ano com a das árvores de Catuaí Vermelho e Acaiá. Em 2020, após muitos anos, o sítio Jacarandá viu a sua a primeira colheita de Bourbons e, no ano de 2021, Paulo e Rosa iniciaram o plantio de um novo talhão de Catuaí Amarelo.